Agência de Notícias

Em sua última reunião do ano, realizada na manhã desta quarta-feira (22), a Comissão de Cidadania e Direitos Humanos aprovou requerimento para realização de audiência pública em Veranópolis  para debater o tema do feminicídio e da violência doméstica. A proposição é de autoria do presidente do colegiado, Airton Lima (PL), e a única a constar na Ordem do Dia.

O encontro deverá ocorrer em formato híbrido e terá como convidados representantes da prefeitura, Câmara de Vereadores, Poder Judiciário, Ministério Público, Brigada Militar, Polícia Civil e Conselho da Mulher.

No período dos Assuntos Gerais, a deputada Luciana Genro (PSOL) solicitou a interferência da comissão junto à Procuradoria-Geral do Estado para agilizar o pagamento da pensão por morte à viúva de um dos bombeiros que perdeu a vida combatendo o incêndio do prédio da Secretaria de Segurança Pública.

Presenças
Participaram da reunião as deputadas Luciana Genro (PSOL), Any Ortiz (Cidadania), Sofia Cavedon (PT) e Kelly Moraes (PTB) e os deputados Faisal Karan (PSDB), Gaúcho da Geral (PSD), Sérgio Peres (Republicanos) e Fernando Marroni (PSC), além do presidente da comissão.