PSOL
A deputada estadual e presidente do PSOL-RS, Luciana Genro, e sua equipe foram muito bem recebidos em Passo Fundo na segunda-feira (20). Embora tenham tido que cancelar algumas agendas devido a um acidente na estrada, foi possível dialogar com a população sobre as iniciativas do mandato, além de apresentar a prestação de contas, em que consta um registro das principais pautas, atividades, projetos de lei, ofícios e cobranças.

A prestação de contas é dividida em 18 grandes eixos de atuação, sendo um resumo bastante completo das atividades realizadas pela deputada, que desde 2019 já aprovou cinco projetos de lei, enviou 352 ofícios e preside seis Frentes Parlamentares. 

“Conversamos com a população ao lado da Ingra Costa e Silva, representante do nosso mandato que vive e atua na cidade. Dialogamos com moradores como o Luiz, taxista que não aguenta mais os aumentos de preços de combustíveis no governo Bolsonaro”, comentou Luciana Genro.

O PSOL está presente em Passo Fundo o ano todo, recebendo as demandas e tendo um contato próximo com a população a partir do trabalho da Ingra. Estamos acompanhando as ocupações Valinhos II e Vista Alegre, que visitamos e que estão na luta por regularização fundiária e acesso a direitos. 

A equipe também esteve visitando o Ilê de Caridade Mãe Oxum, em Passo Fundo, para conhecer o andamento da ampliação da casa. Mãe Miguelina de Oxum solicitou Cartilhas do Povo de Terreiro, que considera uma importante ferramenta no combate à intolerância religiosa. Ela contou que as obras estão sendo realizadas a partir do esforço coletivo e colaboração dos seus filhos de santo, e nas próximas semanas retornará ao atendimento de ainda mais pessoas. 

A Ingra é filha de santo da Mãe Miguelina de Oxum e foi uma das coordenadoras da elaboração da cartilha do Povo de Terreiro. Construído em conjunto com mães e pais de santo, o material foi elaborado como forma de contribuir na luta contra a discriminação que as religiões de matriz africana enfrentam. 

A cartilha é uma extensão do trabalho que o mandato também desenvolve enquanto coordenador da Frente Parlamentar em Defesa dos Povos e Comunidades de Matriz Africana, trazendo para a discussão os aspectos históricos, sociais e políticos que perpassam o povo de axé e pode ser solicitada pelo WhatsApp no número (51) 99116-4755.